12.9.07

Comportamentos na Academia Portucalis


Ontem tive oportunidade de assistir a uma parte da sessão sobre Comportamentos em SL, na recém-criada Academia Portucalis.

Fica na ilha Portucalis, bem pertinho do bar O Caneco e da Galeria LX, e "resulta duma reunião de esforços dos residentes da ilha Portucalis em contribuir para a construção de saberes e desenvolvimento de competências em SL", sem fins lucrativos.
Pretende "proporcionar um espaço não formal de aprendizagens, divulgar a cultura portuguesa nas suas múltiplas expressões, promover a partilha de conhecimentos e debates de ideias, privilegiando a língua portuguesa e implementar actividades culturais diversificadas."

Gerida e dinamizada por personagens conhecidas na comunidade SL lusa (Winter, Marga, Imso, M2Life, entre outros...), propõe actividades como "aulas em língua portuguesa abrangendo diversos aspectos da vida em SL, encontros, tertúlias, conversas e debates com individualidades de SL e/ou RL (...) sempre em ambientes informais."

O encontro muito participado (e informal, como era suposto) servia para discutir questões relacionadas com aspectos comportamentais em SL! Confesso que o tema me interessa, e estava bastante curioso com a sessão. Infelizmente não assisti à sessão na íntegra, mas no pouco tempo em que estive presente tive imensa dificuldade em comunicar com um comportamento respeituoso que os amigos da Portucalis me inspiram: quase impossível terminar um diálogo, quase impossível perceber quem respondia o quê e a quem, quase impossível aguentar o "ruído" de mensagens cruzadas...
Para além das opiniões expressas, muitas delas muito discutíveis e importadas da "moral" da RL, deixava apenas dois conselhos (ou pedidos, para ser mais modesto):

- A moderação deste tipo de eventos tem que ser eficaz, caso contrário instala-se a confusão que é altamente desmotivadora (já tive esse problema nas minhas aulas com menos gente, e tive que repensar a forma de moderar as discussões. Na RL falaria mais alto, em SL não funciona... e seria eticamente inapropriado ;)

- O cenário destes eventos põe-me com a cabeça à roda! O anfiteatro criado (porquê um anfiteatro? bom, adiante...) tem umas texturas psicadélicas que me turvam as ideias ;) nem consigo pensar direito, gente. Acham que seria possível, já que optaram pelas bancadas, colocar uma texturas menos... agressivas visualmente? Sei lá, um granitozito, uma coisa assim mais neutra! É que as ideias custam a sair claras com tanto flash!

Ficam os modestos pedidos e a informação de que a agenda dos eventos pode ser consultada em www.getasecondlife.net, ou no sistema de busca de eventos em SL.

4 comentários:

Winter disse...

Obrigada pela tua presença ontem e tens toda a razão nas observações que fizeste.

Houve de facto muitas conversas cruzadas e a moderação (desta vez) esteve bastante fraca.

Quanto à textura do palco aquelas cores são um bocadinho cansativas, mas em breve vai haver restruturação do espaço... depois me dirás. ;)

Beijinhos
Win

anton disse...

hum, porquê um anfiteatro?porque sentar?
a observação quanto às cores não se insere na mesma linha?
cumprimentos

mónica disse...

Uma das coisas que me incomoda no SL é a transposição da realidade de sala de aula para aquele que deveria ser um ambiente inovador. Anfiteatros, sessões expositivas, ppt... confundem-me bastante.
Outro ponto em que concordo consigo é a ausência / necessidade de moderação em alguns encontros, agravada com a introdução da voz: para além dos "boa noite" de todo o avatar que chega atrasado e interrompe o fio do discurso ainda temos que filtrar os diálogos paralelos.

Marga Ferrer disse...

Faço minhas as palavras da Winter e acrescento:
- Partilhamos o mesmo desejo e posicionamento face aos ambientes SL: NAO queremos replicar a RL;
- A experiência tida na sessão descrita é só por isso paradigmática desse desejo: ninguém moderou ou liderou, as "coisas" aconteceram...estando cada um a dar o melhor no seu papel;
- Estamos todos a aprender! À procura do informal; à procura dum entendimento sobre o que não é replicar a SL na SL; à procura das melhores formas de optimizar a SL na construção de conhecimento.

Obrigada, PalUP pelo teu contributo!
(falou a Reitora da Academia Portucalis) :-)