12.11.08

Uma no cravo, outra na ferradura...

A Linden Lab, empresa californiana responsável pelo desenvolvimento de Second Life e pela sua sobrevivência tecnológica, divulgou recentemente o lançamento do nóvel 'The Linden Prize'.

Como noticia o The Wall Street Journal, através da secção Market Watch, 'A Linden Lab anuncia um prémio de 10.000 $USD para o residente em Second Life cujo trabalho inspirador no mundo virtual tenha obtido resultados visíveis no mundo real'.

"O 'The Linden Prize' premiará um residente ou uma equipa de residentes com 10.000 $USD por um projecto inovador inworld que contribua para a melhorar o trabalho, a aprendizagem e a comunicação entre as pessoas na sua vida quotidiana fora do mundo virtual. O Prémio pretende vir na linha da missão da Linden Lab, que é a de conectar todas as pessoas num mundo online que contribua para a melhoria da condição humana. Muitos dos projectos existentes em Second Life já mudaram a vida de milhares de pessoas em todo o Mundo, e a empresa pretende reconhecer o esforço dos utilizadores (...) Second Life está a mudar dramaticamente a forma de comunicar, de trabalhar e de aprender, e este prémio é o nosso compromisso com as pessoas que têm permitido essa mudança", terá afirmado Mark Kingdon, CEO da LL.

"Desde o início, as comunidades dentro de Second Life reconheceram o potencial do seu trabalho no mundo virtual e o valor que poderia ter no mundo real. Desde os filantropos virtuais e os investigadores em medicina que tentam melhorar a condição humana, aos empresários que exploram e inovam novas oportunidades de negócio, e aos educadores que usam o mundo virtual para criar experiências que permitem ensinar com simulações revolucionárias, a lista dos projectos virtuais que tiveram um impacto na vida real é praticamente infindável", afirmou Robin Harper, responsável pelo Marketing da LL. "O 'The Linden Prize' é uma oportunidade interessante para mostrar o impacto que um projecto em Second Life pode ter no resto do Mundo".

Que existem inúmeros projectos em Second Life capazes de contribuir, pelo seu carácter inovador e criativo, para a melhoria da qualidade da 'vida real' cada vez mais diluída no ciberespaço, isso não é mentira nenhuma nem sequer uma grande novidade para quem acompanha com algum interesse e regularidade o incansável trabalho diário dos milhares de residentes em Second Life.

O que me parece é que este aparatoso Prémio de 10.000 $USD da Linden Lab é apenas e só mais uma iniciativa de marketing, tentando colocar SL e a LL na agenda mediática.

Essa coisa da 'missão da empresa' e do contributo californiano para a melhoria da condição humana, essa é a parte que me parece mais estranha e demagoga!
Uma empresa como a Linden Lab que tem, nos últimos anos, 'legislado' e contribuído lentamente para tornar cada vez mais difícil a inovação e o bem-estar dos milhares que gastam o seu dinheiro 'real' para pôr em prática os seus legítimos sonhos, não pode nem (moralmente) deve, assim de repente, vir demagogicamente anunciar um único prémio em nome da 'melhoria da condição humana'!

É uma no cravo... e outra na ferradura!

nota: para quem estiver interessado em concorrer ao 'The Linden Prize', aconselha-se a visita ao respectivo site

1 comentário:

Rui Clary disse...

O que é de certa forma triste, é que a Linden Lab se está a tornar numa espécie de empresa mediocre, mas que no entanto, comercializa um produto genial chamado "Second Life".
Uma estratégia de Marketing ridícula, uma gestão absurda, e actualmente também, uma evolução tecnológica escondida, poderão destruir o SL, tornando-o numa coisa desinteressante. Isso só não aconteceu ainda, graças aos utilizadores(aka residentes), que esses sim, fazem um Marketing inovador e sem precedentes, na Internet e no Mundo.