19.11.08

Second Life continua a crescer!

Contrariando muitas das previsões que atravessaram o ciberespaço, e outros espaços também, de há um ano para cá, depois do boom de 2007 Second Life continua a crescer!

Já com mais de 17 milhões de utilizadores registados, o metaverse da Linden Lab confirma-se como uma plataforma séria de desenvolvimento de projectos e negócios nas mais variadas áreas de interesse.

Número de Horas/Mês online


Transacções entre utilizadores



Os números disponibilizados pela Linden Lab (a única empresa do tipo que conheço e que, em cima da hora, publica os resultados das suas "vendas", para o bem e para o mal), indiciam não só uma frequência cada vez maior da main grid, como também um aumento significativo nas transacções entre os residentes.

As explicações podem ser as mais variadas, mas uma das possíveis é a de que o 'serious virtual world' da LL alberga projectos mais maduros e com objectivos mais bem definidos e rentáveis.

5 comentários:

Andabata Mandelbrot disse...

Oi Paulo,

Concordo plenamente. Aliás, mais do que estar a falar do número de utilizadores registados (que nunca pode descer, pelo que pouco interessa), foste buscar o que mais interessa: as horas empregues no mundo.
Aliás, já tenho usado em alguns artigos um valor mais "inteligível" derivado deste: o número médio de utilizadores por hora. Inspirado por este post teu, lancei agora esses dados no meu blog.

afro disse...

...e o Lively acabou de "morrer".
Será que é um sinal que a Google desistiu de competir com o SL?

M2life disse...

Estatísticas são o que são... e para os mesmos dados podem haver leituras diferentes. Vale a pena ler o sempre igual a si próprio e polémico Prokofy Neva: http://secondthoughts.typepad.com/second_thoughts/2008/11/spin-cycle.html

Andabata Mandelbrot disse...

O Profkofy "has a point", mas com dezenas de milhares de utilizadores em simultâneo num dado momento, acho que a perspectiva dele é demasiado centrada na micro-elite que perde 100 dólares se passar um dia sem ir ao SL...

fabio10 disse...

A Google perdeu uma batalha, que na minha opinião, só a Microsoft (quem sabe em parceria com a Google) poderá de algum modo vencer...