25.7.07

avatar, avatara, avatari


Vulgarizou-se o termo: avatar é aquele bonequinho que nos representa em mundos virtuais. Poucos serão os que se perguntam porque adoptamos a designação para estes personagens feitos de pixeis. Uma ajuda para perceber a história:
- Avatar: do sânscrito avatAra, significando descendência (em especial de uma divindade desde o paraíso), aparência de qualquer divindade na terra (perticularmente as dez formas de representação de Vishnu).
- Neal Stephenson, na novela cyberpunk "Snow Crash" de 1992, popularizou o termo no léxico da cibercultura, utilizando-o (tal como em alguns videojogos já existentes) como descrevendo a simulação virtual do humano no metaverse.

A lógica de relação entre a representação corpórea de um ser de outra instância parece ser a mesma. E entende-se!
A questão mais interessante é a seguinte: corresponderá a definição do nosso avatar em Second Life a um processo mental amadurecido de representação do eu num ambiente virtual? Tenderá essa representação a ser mimética do corpo real? E, se tal não acontecer, porque razão existem personagens em Second Life tão excêntrica e assumidamente diferentes dos seus equivalentes reais?
Bem, já vi de tudo em SL... ou quase :-) Mas muitas vezes fico por momentos a contemplar figuras estranhas, andrógenas, animalescas, disformes, transformers,... e pergunto: "Diz-me, espelho meu...?" Ele, espelho, nunca responde :( Damn!

2 comentários:

mar disse...

Um avatar pode ajudar a que alguem mais timido na rl, se torne numa pessoa mais extrovertida. Mas também pode fazer com que uma pessoa na rl se esconda atrás de um avatar.
O melhor é tentar criar um avatar com uma forma qualquer que se deseje e utiliza-lo de forma saudavel e como fonte enriquecedora de conhecimento e de relacionamento inter pessoal.

Ana Maria disse...

Cada um tem de se sentir bem na sua pele não é Pal? E porque não ser um personagem andrógeno, uma sereia ou meio humano/meio gato? Ou até um mini strumpf azulinho de óculos ou uma rena do pai natal? A imaginação é de facto o limite...
A mim o espelho responde: "Not better not worse.. just you, no matter what u look like"
Winter W.